quinta-feira, 11 de abril de 2019

A efemeridade de nossa espécie

Yuval Noah Harari
"As regiões mais orientais da Ásia foram povoadas pelo Homo erectus, 'Homem ereto', que sobreviveu na região por quase 1,5 milhão de anos, sendo a espécie humana de maior duração. Esse recorde dificilmente será quebrado, mesmo por nossa própria espécie. É questionável se o Homo sapiens ainda existirá daqui a mil anos, de modo que 2 milhões de anos certamente está fora de nosso alcance." (Yuval Noah Harari, Sapiens: uma breve história da humanidade).

Nenhum comentário:

Postar um comentário