domingo, 10 de março de 2019

Precauções contra maus leitores

Spinoza
"À turba, e àqueles cujas paixões igualam a da turba, peço que não leiam o meu livro; não, preferiria até que o ignorassem completamente em vez de o interpretarem mal segundo a sua vontade." (Baruch de Spinoza).

Nenhum comentário:

Postar um comentário