domingo, 17 de fevereiro de 2019

Constituição do eu na modernidade

Anthony Giddens
"O eu não é uma entidade passiva, determinada por influências externas; ao forjar suas autoidentidades, independente de quão locais sejam os contextos específicos da ação, os indivíduos contribuem para (e promovem diretamente) as influências sociais que são globais em suas consequências e implicações." (Anthony Giddens, Modernidade e identidade).

Nenhum comentário:

Postar um comentário