segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Autodistinção voluntária dos judeus

Hannah Arendt
"A separação dos judeus do mundo gentio, e mais especificamente do ambiente cristão, tem tido maior relevância na história judaica do que o seu oposto, pela razão óbvia de que a própria sobrevivência do povo judeu como comunidade identificável dependia dessa separação, que era voluntária, e não, como se costumava supor, resultante da hostilidade dos cristãos e dos não judeus em geral." (Hannah Arendt, Origens do totalitarismo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário