domingo, 18 de fevereiro de 2018

A moral do ressentimento

Friedrich Nietzsche
"A rebelião escrava na moral começa quando o próprio ressentimento se torna criador e gera valores: o ressentimento dos series aos quais é negada a verdadeira reação, a dos atos, e que apenas por uma vingança imaginária obtêm reparação. Enquanto toda moral nasce de um triunfante Sim a si mesma, já de início a moral escrava diz Não a um 'fora', um 'outro', um 'não-eu' -- e este Não é seu ato criador. Esta inversão do olhar que estabelece valores  -- este necessário dirigir-se para fora, em vez de voltar-se para si -- é algo próprio do ressentimento: a moral escrava sempre requer, para nascer, um mundo oposto e exterior, para poder agir em absoluto -- sua ação é no fundo reação." (Friedrich Nietzsche, Genealogia da moral).

Nenhum comentário:

Postar um comentário