quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

O papel do intelectual no alvorecer do século XXI

Michael Löwy
"Para os espíritos críticos que querem, no alvorecer do século XXI, não apenas interpretar o mundo, mas contribuir para mudá-lo, o desafio é aprender, como o jovem Marx, com as mais avançadas experiências de luta, as tentativas mais importantes de auto-organização dos explorados e oprimidos. O teórico crítico não pode substituir os trabalhadores e trabalhadoras, mas pode ajudar (como em 1848, em 1871, em 1917, em 1936, em 1968) na formação do que Marx designava no Manifesto como 'o movimento autônomo da imensa maioria no interesse da imensa maioria'" (Michael Löwy, A teoria da revolução no jovem Marx).

Nenhum comentário:

Postar um comentário