domingo, 21 de janeiro de 2018

A recusa à existência autêntica

Simone de Beauvoir
"Efetivamente, ao lado da pretensão de todo indivíduo  de se afirmar como sujeito, que é uma pretensão ética, há também a tentação de fugir de sua liberdade e de constituir-se em coisa. É um caminho nefasto porque passivo, alienado, perdido, e então esse indivíduo é presa de vontades estranhas, cortado de sua transcendência, frustrado de todo valor. Mas é um caminho fácil: evitam-se com ele a angústia e a tensão da existência autenticamente assumida" (Simone de Beauvoir, O segundo sexo, 1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário