domingo, 12 de março de 2017

A velocidade da comunicação e o colapso das comunidades locais

Zygmunt Bauman
"As chamadas 'comunidades intimamente ligadas' de outrora foram produzidas e mantidas, como agora podemos ver, pela defasagem entre a comunicação quase instantânea dentro da pequena comunidade (cujo tamanho era determinado pelas qualidades inatas dos wetare e assim confinados aos limites naturais da visão, audição e capacidade de memorização do homem) e a enormidade de tempo e despesas necessários para passar informação entre as localidades. Por outro lado, a atual fragilidade e curta duração das comunidades parece ser sobretudo resultado da redução ou completo desaparecimento daquela defasagem: a comunicação intracomunitária não leva vantagem sobre o intercâmbio entre comunidades, uma vez que ambos são instantâneos" (Zygmunt Bauman, Globalização: as consequências humanas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário