quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

As corporações de ofício, o 'justo preço' e a 'concorrência desleal'

Paul Singer
"As corporações de ofício tinham por objetivo assegurar aos seus membros o 'justo preço' por seus produtos. A sustentação desse preço era naturalmente incompatível com a busca incessante do aumento da produtividade, característica do capitalismo. O domínio dos mercados pelas corporações, que impediam outros produtores, que não seus membros, de neles penetrar, constituía um obstáculo formidável ao desenvolvimento da produção, assim como da produtividade. Ainda mais porque as corporações cuidavam de limitar o número de seus membros, a fim de sustentar os preços de seus produtos."

"Se um mestre procurasse alterar a maneira de produzir para elevar a produtividade e, assim, com custos menores, vender maior quantidade a preços mais baixos, a corporação o puniria por promover o que seria considerado 'concorrência desleal' aos outros mestres" (Paul Singer, A formação da classe operária).

Nenhum comentário:

Postar um comentário