quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

O empirismo de Hobbes

Thomas Hobbes
"Todas elas [as aparências] se originam naquilo que denominamos sensação, já que não há nenhuma concepção no espírito do homem que não tenha tido origem, total ou parcial, nos órgãos dos sentidos."

"O motivo da sensação é o corpo exterior, ou objeto, que pressiona o órgão próprio de cada sentido, de forma imediata, como no paladar e tato, ou de forma mediata, como na visão, na audição e no olfato."

"De tal sorte que, em todos os casos a sensação nada mais é do que ilusão originária, causada pela pressão, isto é, pelo movimento das coisas exteriores aos nossos olhos, ouvidos e outros órgãos a isso determinados" (Thomas Hobbes, Leviatã).

Nenhum comentário:

Postar um comentário