segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Crítica de Boaventura à ciência moderna

Boaventura de Sousa Santos
"O rigor científico, porque fundado no rigor matemático, é um rigor que quantifica e que, ao quantificar, desqualifica, um rigor que, ao objetivar os fenômenos, os objetualiza e os degrada, que, ao caracterizar os fenômenos, os caricaturiza. É, em suma e finalmente, uma forma de rigor que, ao afirmar a personalidade do cientista, destrói a personalidade da natureza" (Boaventura de Sousa Santos, Um discurso sobre as ciências).

Nenhum comentário:

Postar um comentário