quinta-feira, 3 de novembro de 2016

O ceticismo como fonte de humanismos

Ernst Cassirer
"Na história da filosofia, o ceticismo tem sido, muito amiúde, simplesmente a contrapartida de um resoluto humanismo. Pela negação e pela destruição da certeza objetiva do mundo externo, espera o cético fazer com que todos os pensamentos do homem voltem a convergir para seu próprio ser" (Ernst Cassirer, Antropologia filosófica).

Nenhum comentário:

Postar um comentário