domingo, 13 de novembro de 2016

A fonte da religiosidade

Sigmund Freud
"Quanto às necessidades religiosas, parece-me irrefutável a sua derivação do desamparo infantil e da nostalgia do pai despertada por ele, tanto mais que este sentimento não se prolonga simplesmente desde a época infantil, mas é duradouramente conservado pelo medo ante o superior poder do destino."

"Podemos rastrear a origem da atitude religiosa, em claros contornos, até o sentimento do desamparo infantil" (Sigmund Freud, O mal-estar na civilização).

Nenhum comentário:

Postar um comentário