sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Linguagem e significação do mundo (2)

José Luiz Fiorin
"A língua é uma forma de categorizar o mundo, de interpretá-lo."

"As coisas não podem substituir as palavras, porque a língua não é apenas um sistema de mostração de objetos. As coisas não designam tudo o que uma língua pode expressar."

"A língua (...) permite falar do que está presente e do que está ausente, do que existe e do que não existe, porque possibilita até criar novas realidades, mundos não existentes."

"A linguagem é uma atividade simbólica, o que significa que as palavras criam conceitos e eles ordenam a realidade, categorizam o mundo" (José Luiz Fiorin, Linguística? Que é isso?).

Nenhum comentário:

Postar um comentário