domingo, 16 de outubro de 2016

A propriedade obtida mediante o trabalho

John Locke
"O trabalho de seus [do homem] braços e a obra das suas mãos, pode-se afirmar, são propriamente dele. Seja o que for que ele retire da natureza no estado em que lho forneceu e no qual o deixou, mistura-se e superpõe-se ao próprio trabalho, acrescentando-lhe algo que pertence ao homem e, por isso mesmo, tornando-o propriedade dele" (John Locke, Segundo tratado sobre o governo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário